Em Porciúncula, costureiro é preso após agredir três pessoas e desacatar policiais

 

Um casal, que reside no município de Porciúncula, no bairro Operário, à Rua Felicíssimo de Carvalho, acionou a polícia após ser agredido por um costureiro, ontem (24), por volta das 18h10.

Antes de ouvir o depoimento das vítimas, o acusado se aproximou. Os agentes solicitaram que o homem ficasse encostado na parede, enquanto apuravam os relatos. Momento que chegou a companheira do acusado. Alterado, o costureiro desferiu um soco no rosto dela. Os PMs tentaram controlar a situação e foram ofendidos verbalmente com palavras do tipo: “bando de porcos”. Ameaçou quebrar os óculos no rosto do militar. Disse ainda: “Me solta aqui e vem na mão, eu vou matar você e beber seu sangue”.

Depois da prisão, a vítima contou que estava em casa. De repente, chegou o cabeleireiro e começou a agredi-la sem motivos. Seu esposo tentou intervir e levou socos.

O costureiro Sebastião de Paula, mais conhecido por “Trinta”, de 52 anos, foi conduzido à Delegacia Legal de Itaperuna (delegacia de área), onde foi autuado por ameaça; lesão corporal provocada por socos, tapas e pontapés; resistência e desobediência. Sebastião de Paula ficará à disposição da justiça na Casa de Custódia de Itaperuna.

Da redação da Rádio Itaperuna AM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s