Depois de cortar o ônibus dos estudantes universitários em 2017, a prefeitura resolveu interromper o serviço oferecido aos servidores públicos a anos.

O fato ocorreu apos o questionamento feito pelo vereador de Natividade Pastor Carlos, que teria gravado o desembarque  de pessoas, entre as quais servidores, homens, mulheres, que segundo ele, estariam chegando dos distritos de Ourânia e Querendo. O político questiona o fato de um ônibus escolar estar sendo usado para tal fim.

A ação da prefeitura tem gerado comentário nas esquinas da cidade sobre a função do vereador que é fiscalizar e a solução encontrada pela prefeitura.

A feira acontece todas as sextas-feiras, na Praça Ferreira Rabello e atende a toda a comunidade com os servidores municipais recebendo um tickt toda a semana para compra de produtos oriundos da agricultura familiar.

 

Portal Porciúncula com Informações Natividade Fm/Foto Natividade FM

 

Anúncios