Antes mesmo da intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro ter sido aprovada pelos deputados federais e senadores — o decreto do Presidente da República tem efeito imediato — os militares do Exército Brasileiro já atuam em Itaocara e em Santo Antônio de Pádua nesta segunda-feira (19). Por enquanto, cerca de três mil homens das Forças Armadas estabelecem pontos de bloqueio, controle e fiscalização de vias urbanas nos acessos rodoviários ao Rio, particularmente na BR-101, nas divisas ao Norte e ao Sul do estado, além de trechos na região de São Gonçalo.

A Secretaria de Segurança do Estado (Seseg) especificou que as ações estão contidas no âmbito do decreto presidencial de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para ações em apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública, assinado em 28 de julho de 2017. O efetivo tem apoio de aeronaves e veículos blindados.

“Algumas vias e acessos nas áreas de operações podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados, oportunamente, com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos. As instituições envolvidas nas operações estão acompanhando e orientando, em tempo integral, os desdobramentos no Comando Militar do Leste, a partir das 17 horas de hoje, e no Centro Integrado de Comando e Controle, a partir das 5 horas do dia 20 de fevereiro”, esclareceu a nota.

No Noroeste, um comboio ficou posicionado na RJ-116, no entroncamento com a RJ-192, em Ponto de Pergunta, e outro na RJ-186, na divisa com Pirapetinga (MG).

 

Rádio Natividade com a Folha Itaocarense

 

Anúncios