vacina

A Secretaria de Saúde de Italva, no Noroeste Fluminense, divulgou nesta sexta-feira (9) que foi registrado o primeiro caso de febre amarela na cidade. O caso também é o primeiro registrado no Norte e Noroeste do Rio em 2018.

Segundo a secretaria, o paciente infectado é um homem de 32 anos e reside no bairro Parque Industrial. “Segundo os exames, que foram repetidos, se trata de uma infecção da febre amarela silvestre”, diz a nota divulgada pelo órgão.

De acordo com o município, o homem sentiu os primeiros sintomas no início de fevereiro e continua internado no Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, porém fora de risco.

A secretaria informou também que o paciente chegou a tomar a vacina, mas pelo período constatado, já estava infectado quando foi imunizado.

“Diante da confirmação da entrada da doença no município, agentes de saúde intensificarão o trabalho de combate aos mosquitos transmissores e continuarão fortemente com a campanha de vacinação, que a partir de agora acontecerá em vários postos pela cidade”, divulgou a secretaria.

Segundo o órgão, não há outros casos, nem suspeitos, mas a Prefeitura entrou em estado de atenção.

G1 Norte Noroeste

Anúncios