Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira, 11, mostra que continua grande o potencial de transferência de votos do ex-presidente Lula para Fernando Haddad, seu substituto como candidato a presidente pelo PT.

Segundo Ibope, o percentual de eleitores que disseram que votariam “com certeza” em Fernando Haddad subiu de 22% para 23% em relação à última pesquisa. Já os que admitiram que poderiam votar no ex-prefeito somaram 15%, uma redução de dois pontos percentuais.

Ao todo, segundo o Ibope, Haddad apresenta potencial de chegar 38% da preferência dos eleitores. Na pesquisa Datafolha, divulgada nessa segunda-feira, este percentual é de 49%.

No Nordeste, Haddad tem alto potencial de crescimento, onde 38% do eleitorado declara intenção de votar nele “com certeza” quando é citado como o candidato de Lula.

Na modalidade estimulada da pesquisa Ibope, Jair Bolsonaro lidera com 26%, seguido por Ciro Gomes (PDT), com 11%; Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) com 9% e Fernando Haddad (PT) com 8%. Alvaro Dias (Podemos) tem 3%; João Amoêdo (Novo), 3%; Henrique Meirelles (MDB), 3%; Vera (PSTU), 1%; Cabo Daciolo (Patriota), 1%; Guilherme Boulos (PSOL), 0%; João Goulart Filho (PPL), 0% e Eymael (DC), 0%. Votos brancos e nulos chegam a 19% e indecisos, 7%.

A pesquisa ouviu 2.002 eleitores entre sábado (8) e segunda-feira (10). A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

 

Anúncios