Durante a votação de primeiro turno neste domingo (07) em Cambuci, duas pessoas, entre as quais o prefeito do município, foram detidas por violação das regras eleitorais. De acordo com fontes ouvidas pela Rádio Natividade, policiais militares do 36º BPM precisaram ser acionados depois que uma eleitora de 54 anos, ter fotografado a urna com seu voto, no distrito de Funil.

Instantes antes, o prefeito Agnaldo Vieira Mello, já havia sido flagrado pelo próprio juiz eleitoral, Paulo Vítor Siqueira Machado, titular da 97ª Zona, que realizava fiscalização em veículo descaracterizado, fazendo boca-de-urna, na área central da cidade. No carro do político, agentes do TRE-RJ, encontraram material de propaganda de dois candidatos a deputado estadual e federal do PSOL.  Todos os envolvidos foram conduzidos até a 142ª Delegacia, autuados por crime eleitoral, pela qual responderão em liberdade.

Rádio Natividade

Anúncios